, , ,

TI Lab – Curso Orçamentos de Obras: do 2D ao 5D (Presencial)


R$749,00

  • 04/10 e 05/10
  • sexta e sábado
  • 19h às 22h sexta / 9h às 13h e 14h às 19h sábado
Limpar

No curso Orçamentos de Obras: do 2D ao 5D o processo orçamentário para obras de construção civil será explicado tendo como ponto de partida o seu produto final, que é a planilha orçamentária.
Você verá como é o desenvolvimento de uma planilha pelo método convencional (2D) e pelo método BIM (5D) e perceberá que, independentemente do método, como resultado, todos os conceitos da Engenharia de Custos estão lá: custos diretos, levantamento quantitativo, critérios de medição e remuneração, composições unitárias, encargos sociais, preços de fornecedores e terceiros, impostos, fretes, BDI e, por fim, o preço de venda da obra.
Com relação ao processo de orçamentação baseado em 5D, serão apresentados exemplos de casos reais com a intenção de aumentar o repertório do aluno a respeito do assunto, de modo deixá-lo mais preparado no momento em que precisar contratar (ou ser contratado para prestar) serviços relacionados a BIM. Os tópicos serão desenvolvidos por meio de exposição oral, apresentação de slides e aplicação em exemplo-piloto.

Rosângela Castanheira tem certificação por Notório Saber em Engenharia de Custos pelo International Cost Engeneering Council, ICEC (2015), Especialização em Docência de Ensino Superior pela FGV (2011), MBA em Gestão Estratégica de Custos pelo IBEC/INPG (2010) e graduação pela FATEC/SP em Tecnologia de Construção Civil, modalidade Edifícios (1982). Em 2015, participou disciplina Building Information Modeling – BIM (AQ 042) do Programa de Mestrado em Arquitetura, Tecnologia e Cidade da UNICAMP como aluna especial. Desde 1983 atua como consultora em Engenharia de Custos e em escritório próprio, a TRÍADE Engenharia de Custos Ltda., desde 1988, atendendo construtoras, escritórios de arquitetura, órgãos governamentais, autarquias e particulares.
É docente no curso pós graduação BIM Master Modelador, oferecido pelo Instituto Superior de Inovação e Tecnologia (ISITEC), localizado em São Paulo-SP, ministrando a parte teórica da disciplina BIM Modelagem para a Quantificação e Estimativa de Custo.
Foi docente convidada no IBEC/SP ministrando a disciplina de Engenharia de Custos na pós-graduação e também nos cursos de curta duração, entre 2011 a 2016.
Ministrou aulas de Construção Civil I e II no curso de Engenharia Civil da DeVry Metrocamp, instituição de ensino superior localizada em Campinas, de 2012 até 2015.
Participa do Comitê Técnico da ABNT CEE-162 “Elaboração de Orçamentos e Formação de Preços de Empreendimentos de Infraestrutura e Edificações”.
Participou, em 2012, do Comitê Técnico da ABNT CEE-134 “Modelagem de Informação da Construção”.
Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/7251131793872275.

REF: N/A Categorias: , , ,

Dados Técnicos

– Curso de 12 horas de aula em grupo;
– O material didático do curso é totalmente ilustrado e com explicações em português;
– EXCLUSIVO: Você recebe um link para ter acesso à todas as suas aulas, que são gravadas, ao vivo, em vídeo! O prazo pra você baixar as suas aulas em vídeo é de três meses a partir do final do curso;
– Você será convidado, no Facebook, para participar do grupo TI Lab Alunos, onde poderá conferir oportunidades de trabalho, promoções e outros conteúdos.

Conteúdo

1. A Engenharia de Custos e a sua importância;
2. A ferramenta Orçamento de Obras no 2D e no 5D;
3. Fluxograma do orçamento;
4. Apresentando a planilha orçamentária e seus conceitos:
4.1. Preço, BDI e custo
4.2. Custo direto
4.3. Quantitativos de serviços e seus critérios de medição e remuneração (o projeto x modelo 3D)
4.4. Projeto básico, pré-executivo, executivo X LODs (nível de detalhe / nível de desenvolvimento);
4.5. Custos unitários de serviços
4.6. Insumo material (cotação de preços e análise de propostas de fornecedores);
4.7. Insumo mão de obra (salários, encargos sociais);
4.8. Insumo equipamentos (custo horário e locação);
5. Cálculo do custo direto (softwares convencionais X softwares BIM);
6. Análise crítica do orçamento;
7. Curva ABC
7.1. Detecção de erros e/ou problemas
7.2. Ajustes X simulações X a força do 5D
8. BDI:
8.1. Cálculo do custo indireto
8.2. Impostos X enquadramento fiscal
8.3. Lucro
9. Calculo do preço de venda;
10. Conclusão.

Quem deve fazer esse curso

Engenheiros, arquitetos, tecnólogos, técnicos de edificação e estudantes dessas mesmas áreas, para atualização de conhecimentos e obtenção de competências e habilidades que possibilitem o desenvolvimento de suas atribuições profissionais relacionadas à orçamentação de obras.

Video